Início > A Morte, Astrología e Horóscopo, Consciência > Os Anjos em Nossas Vidas

Os Anjos em Nossas Vidas

2014-04-03As consultas e perguntas mais emocionantes e tristes que recebo são de pais e mães de filhos que se foram sedo de mais.

Graças a Deus!, não é meu caso, mas tenho 4 filhos e 2 netos saudáveis e sei quanto os amo e por isso posso imaginar o que estes pais devem sentir com a falta do ser que eles mais do que qualquer outra coisa amavam nesta vida.

Quem não sabe que a vida sempre é eterna e que a “morte” não existe, tem muitas dificuldades de aceitar que Deus os tirou o filho amado e muitas vezes sedo de mais na juventude. Evidentemente, a pergunta neste desespero sempre é do P o r q u ê.

Foram centenas de pessoas durante muitos anos que me consultaram para ter uma resposta para exatamente este conflito, que, provavelmente, apenas a Astrologia Kármica de Reencarnação pode dar. Vida e “morte” são, como muitos pensam, uma vez a vida consciente aqui na terra e quando alguém “morre” é o fim definitivo. É um grande erro, como os ensinamentos da reencarnação e a astrologia kármica podem explicar e provar.

O fato é, que o mesmo ser é uma alma viva, aqui na terra e lá no além, em uma outra dimensão. A vida jamais termina, quando o nosso corpo morre. Ele apenas é o nosso veiculo para poder viver aqui na terra.

Enquanto este mesmo ser não está aqui, ele continua vivo com bilhões de outros seres e se prepara em outras regiões para sua volta. Quando ele “morre” lá, ele renasce aqui e quando “morre” aqui, ele renasce lá num ritmo além da nossa visão e compreensão. É muito simples. Podemos comparar isso com aquilo que fazemos todo dia e toda noite, dormir e acordar, só que uma coisa acontece mais consciente do que a outra. Os ritmos são basicamente iguais, porem a duração é diferente.

Na maioria das vezes, quando uma criança ou um adolescente “morre”, acontece o seguinte: este ser é uma pessoa muito amável, que quer ajudar os pais com sua tarefa kármica que normalmente tem a ver com amor, respectivamente com a falta de amor numa vida passada. Quando alguém, numa vida passada, não aprendeu de amar, digamos um filho, e o abandonou ou maltratou, ele criou um karma muito grave, que tem que ser compensado nesta vida com o mesmo sentimento e mesmo sofrimento, que a criança da vida passada sofreu e sentiu.

Esta é a Lei Divina, a Lei do Equilíbrio e da Causa e Efeito, e não tem nada a ver com Deus e que Ele seja culpado e responsável pela “morte” de uma criança. Acontece que só um ser muito amável, igual aos anjos, se propõe a ajudar aos pais nesta tarefa difícil e dolorosa, que trataram ele ou qualquer outra criança tão mal numa vida passada.

Existem muitas outras razões da “morte” de uma criança, mas sempre envolve o objetivo de ensinar. Em outros casos, uma doença pode ser o meio de aprender ou qualquer outra coisa, como falta de dinheiro, morar numa favela, ser um deficiente etc. Quem mata alguém, com certeza sofre igualmente uma morte violenta, nesta vida ou numa futura.

Quando alguém sofre de uma certa coisa, ele pode ter certeza que é para aprender algo que ainda não entendeu. A final, é o amor que tem que ser alcançado e que tem seu oposto chamado medo, medo em suas mais variadas formas: inveja, ciúme, raiva, violência, brutalidade, matança, fanatismo, arrogância, falta de amor, falta de piedade e muitas outras.

O mapa astral karmico mostra qualquer aprendizagem conseguida como um tipo de credito com aspectos azuis e as tarefas e lições a aprender nesta vida em vermelho.

Esteja certo, que tudo o que acontece em sua vida, tem sua razão justa e para seu bem, mesmo quando perdeu um ser muito amado.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: